31 de dez de 2011

Bagagens














.

.
.
.
Ela acreditava ter tudo o que precisava. Sobregarregada de emoções que ajuntou o ano inteiro, não tinha certeza da quantidade de tranqueiras que possuía e de quanto peso a mais tinha sobre si. Mas, como todo final de ano é tempo de fazer as contas e pesar erros e acertos, quis - com sinceridade, abrir suas reservas para ter certeza se levaria todas aquelas lembranças adiante.
.
As vezes ajuntamos e guardamos a sete chaves os sentimentos mais pobres e superficiais e as virtudes que temos nem sempre conservamos ou valorizamos como deve ser. É sempre bom pesar o que realmente constrói e nos torna melhores...
.
Não demorou para descobrir que muito do que levava consigo não deveria - jamais - ter feito parte de sua vida. E que, se quisesse ser melhor não poderia levar tudo aquilo. Uma bagagem bastaria. Ela entendeu que muitas vezes as emoções traem e atrapalham os sentidos. Por isso decidiu que não levaria aquelas mágoas na bagagem. Mas levaria muita alegria, esperança e entusiasmo junto a outras coisas boas e coloridas que fazem a vida mais feliz. Com a graça de Deus.
.
Polyana Zavariz

23 de dez de 2011

preparando a casa para o Natal
















.
.
Coração pesado. Carregado de emoções que ajuntou o ano inteiro. Encharcado pelas lágrimas que não são capazes de sair. Espaço apertado demais para colocar uma manjedoura. Não pode ser de outro jeito... Foi preciso fazer uma faxina geral e retirar todo excesso de sentimentos, resolvidos ou não, que estavam ali. Pois só com o coração despojado é possível celebrar o Natal. Foi o que ela fez. Dedicou-se em preparar primeiro a casa do seu coração para SER o lugar para o Menino Jesus nascer. Depois enfeitou a casa exterior com os símbolos que são próprios para que, quem chegar, sinta-se também acolhido pelo Salvador que se faz pequeno para chegar a nós. 
.
Ele quer encontrar espaço também no seu coração.
Um Santo e Feliz Natal!
.
Polyana Zavariz

21 de dez de 2011

fazer o bem

.
.
.
"O que as criaturas desejam é encorajamento. Não se deve censurar sistematicamente os defeitos de alguém, mas apelar para suas virtudes. Ao tentar afastar uma alma do mal caminho, deve-se descobrir e fortalecer o melhor da sua índole, o lado bom que ainda não aflorou. A influência que o bom caráter exerce é contagiosa e pode revolucionar uma vida inteira... Todas as criaturas irradiam o que pensam e o que trazem no coração (...) Quem procura o mal, certamente o encontrará. Mas quando se procura o bem na esperança de encontrá-lo, logo o bem aparecerá..." . (Eleanor H. Porter)

17 de dez de 2011

Coração eu tenho!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
.
.
.
.
"Faz frio. Pés descalços, sentada no chão... Abri meu recanto de carinhos e reli tantas cartas, tantas procuras, tantos tempos, tantas saudades. Leio tudo. Leio e saio catando com as pontinhas dos dedos qualquer coisa que me reponha. Me perdi, mas não me abandono. É preciso estar dentro de mim. Preciso me empurrar de volta. Tenho tanto medo de ver os dias passando enquanto fico.
.
(...) Decidida, sugiro chuva. Um banho de chuva, um grito na chuva, porque depois qua cai o céu, o mergulho é na vida. E arco-íris. Ah, e como tenho procurado um arco-íris! Uma recompensa. Uma aquarela.... E vou. Tentando, apesar de um tanto despetalada, dobrar a vida em flor, como diz a música.
.
(...) Eu sempre sorrio, repito. Não precisa ter nexo. Ir, parar. Falta de ação. Talvez cor. Coração eu tenho. Tenho tanto que quase aceito sê-lo. Vai ver é isso. Que amanhã, depois e sempre, eu seja. É tanto amor para amar."
(Jaya Magalhães)

16 de dez de 2011

À porta.








.
.
.
.
.
.
.
..


.

.
.
.
Mesmo que eu não tenha as respostas para os meus questionamentos, por mais que o tempo demore, e ainda que tudo pareça "virar do avesso" e ache que nada mais vai dar certo, e tiver a tentação de desistir, Deus bate a porta de nosso coração e pede a nós se permitimos que a esperança entre e faça morada.
.
Apesar dos ventos contrários, Ele nos convida a mudar o foco de nosso olhar para ver além... A vida é muito mais do que aquilo que eu consigo enxergar. A esperança não é medida a partir de conceitos, ou do que eu considero provável ou aceitável, mas principalmente, da Fé, pois é espera firme e constante de que o melhor pode acontecer. É o que nos move nesta vida. E, se é o que nos movimenta, é dom de Deus.
.
É necessário, portanto, perceber a vida com os olhos da fé para que sejamos capazes de enxergar todas as situações com esperança, e sentir - verdadeiramente - a mão de Deus a nos abençoar. Diante de situações complicadas e difíceis não desanimemos, mas peçamos ao Senhor para que aumente em nós a fé para que sejamos capazes de passar pelas dificuldades e sejamos esperançosos diante da vida.
.


A esperança é o que move o coração do homem, e precisa fazer morada em nosso coração.

Uma vez que compreendermos isso cultivaremos a esperança uns dos outros. Que nosso coração esteja ancorado em Deus, e cheio de esperança. Ele está à porta.
.
.
Paz e bem.
Polyana Zavariz.

11 de dez de 2011

...as horas








.
.




.
.
.
As coisas são
As coisas vêm
As coisas
Vão e vêm
Não em vão
As horas
Vão e vêm
Não em vão
.
(Relógio, Oswald de Andrade)

6 de dez de 2011

Desafios














.
.
.
.
A vida sempre traz surpresas e desafios. E diante de nossos passos vamos fazendo as escolhas que julgamos ser melhores prar nós, não é verdade? Acredito que a intenção do coração seja - sempre - de acertar, porém, nem sempre sabemos o que é melhor para nós mesmos.
.
E mesmo que pareça loucura, as vezes somos traídos pelas nossas próprias emoções. Mas há Alguém que sempre nos orienta e ajuda a fazer escolhas certas e com mais equilíbrio. É Ele que fala ao coração e nos ajuda a encontrar horizontes nos caminhos que devemos seguir. Ele é o Amigo que nos acolhe quando estamos perdidos ou esqueçemos por onde retornar ao caminho, Ele ascende luzes nos trechos escurecidos.
.
Esse Amigo caminha ao nosso lado, e sempre tem um sorriso em seus lábios, fala ao nosso coração, tornando nossa vida mais feliz. Com Ele jamais estamos sozinhos. É Jesus, o Melhor Amigo,  que nos sugere qual estrada é melhor trilhar, e nos ajuda aos desafios enfrentar.

1 de dez de 2011

Oração









,
,
,



.
.
Ó Deus, queremos vos louvar porque no mistério da Encarnação de vosso Filho viestes ao nosso encontro e nos alegrastes com a vossa presença. Queremos vos agradecer, porque no grande mistério da Encarnação vosso Filho se fez um de nós e, na pobreza do presépio, apontou-nos o início de uma Nova Vida. Como os anjos, que anunciaram um novo tempo de paz aos homens de boa vontade, ajudai-nos, Senhor, a sermos homens e mulheres de boa vontade, para que vosso Filho possa nascer também em nossos corações. E assim, ó Pai, saibamos fazer de cada um de nossos lares e famílias uma nova e atual Belém, onde reinem a paz e a luz que brotam de vosso fecundo amor. Amém.
,
,
(Frei Brayan F. Farias, OFM e Frei Camilo D. E. Martins, OFM - Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, 01/12/2011)