18 de out de 2009

O Tempo...



"O amor sobrevive é de intervalos.
Amor que não sofre de saudade
desanda,
perde a consistência."
.
(Padre Fábio de Melo)

Nenhum comentário: