27 de mar de 2013

Este Jesus me provoca*



 

.

(Tradução livre do alemão “Dieser Jesus provoziert mich”, da autoria de Pe. Zezinho, SCJ)

Eu me perturbo e irrito e Ele me diz: sossega, perdoa!
.
Eu tenho medo e Ele me ordena: coragem!   
Eu duvido e Ele me sussurra: confia!   
Eu estou amedrontado e apavorado e ele me diz: fica tranqüilo!
.
Eu quero ficar sozinho, na minha, e Ele me convida: vem e segue-me!
Eu traço planos e faço sonhos e Ele me desafia: renuncia a eles!
Eu quero certezas e Ele me assegura: eu não lhe garanto nada!
Eu ajunto bens e seguranças e Ele me sugere: deixa-os!
.
Eu quero viver para mim e Ele me propõe: entrega tua vida pelos outros!   .Eu acho que já sou bom e Ele me provoca: isto não basta, tu podes ser melhor!    
Eu quero cargos e mandar e Ele me segreda: experimenta servir!   
Eu quero dar ordens e conselhos e Ele me diz: obedece!    
Eu quero compreender e Ele me interpela: crê!
.
Eu quero clareza e precisão e Ele me ensina em parábolas!
.
Eu quero poesia e me refugio na fantasia e Ele me fala da crua realidade!   
Eu quero minha tranqüilidade e Ele me enche de inquietação.    
Eu quero me impor pela força da guerra e Ele me pede lutar pela paz!   
Eu apelo para a espada e Ele me convida apostar na palavra da profecia!    
Eu decido dar o troco e me vingar e Ele me sugere: apresenta a outra face!    
Eu procuro a paz do comodismo e do descompromisso e Ele me desafia: sai da moita e dá teu testemunho!    
.
Eu busco contornar e tapear e Ele me diz que preciso da honestidade e da ousadia!    
Eu quero ser importante, grande, e Ele me cobra: sê pequeno e serve!    
Eu procuro me esconder e fugir e Ele me propõe: mostra tuas obras e sê luz!
.
Eu aspiro pelo primeiro lugar e Ele me diz: senta no último!
Eu quero ser visto, aparecer e ser apreciado e Ele me diz: sê discreto!
Não mesmo! Este Jesus eu não entendo! Ele me provoca e desinstala!
Como vários de seus discípulos, eu também quereria outro Mestre a seguir, que fosse mais condescendente e menos exigente!
.
Mas, assim como Pedro, eu sei muito bem que não há outro Mestre que tenha palavras de vida eterna. Por isso decidi: com Ele quero ficar, como discípulo; em nome dele quero partir, como missionário!
 .
.

Nenhum comentário: