8 de mai de 2011

Lançar-se
















Aracruz - ES / Fev. 2011

.
O barco já está em alto mar. O coração precisa desprender-se
da lembrança daquele porto que nem era tão seguro assim,
mas que o acorrentava. É preciso entender...
.
Mas, o barquinho não navega sozinho. Também não possui
remos. É Deus que o conduz mar adentro. Porém, para que
ele avance pra onde o Senhor quiser, o barquinho deve
compreender que não está parado, ele segue adiante. Ora
em calmaria, ora em meio a tempestade - mas, Deus jamais
o abandona.
.
.
Polyana Zavariz.

2 comentários:

Liberdade de Jovem disse...

Verdade, dificil é abandonar aquilo que pensamos ser o melhor para deixar Deus conduzir o barco pra onde realmente é melhor.

Lindo blog to seguindo!! Beijos

Polyana Zavariz disse...

Bem vinda!!
Fique com Deus.