18 de jan de 2010

Pausa



.
.
...o amor sobrevive de intervalos...

Nenhum comentário: