4 de mar de 2014

Memórias

.
.
Rememorar as minhas saudades é, antes de tudo, trazer a tona a razão de existir, recobrar valores e as marcas que estão em mim. Pois impossível seria seguir a vida sem fazer pausas para que eu continue sendo.
.
E olhar os espaços deixados é saber-se amada e ser capaz de refletir as alegrias de um tempo que não volta mais. Principalmente àqueles que o olhar já não encontra nesta vida... Mas o que faz-nos prosseguir é a certeza de que há um lugar em que podemos voltar - onde há um Deus que nos espera de braços abertos.
.
Apesar dos espaços habitados pelas lembranças, é preciso olhar os dias com esperança, na certeza de que também nós fomos feitos para o Céu. E Deus olha nosso coração e nos ajuda a seguir com esperança de que o que somos não está a margem de nós mesmos mas, Ele está a frente de nossa vida.
.
Embora o coração esteja tomado pela angústia, a saudade não pode manter-nos encarcerados, deve estar alicerçada na fé para que suportemos as situações mais adversas.

Nenhum comentário: