1 de dez de 2013

O que fica?

;
;
Saudade. Esta é a definição que ela tem sobre o tempo. Pois as expectativas não são mais que falsas esperanças e apegos. E como tudo nessa vida passa, as expectativas vividas também. De fato, o que fica é a caridade que dispomos em cada situação e aos que precisam do nosso cuidado. O amor concreto é o que direciona a nossa existência. É o que vai restar, no fim. Palavras, teorias ou crenças se não estiver ancorado na caridade, de nada valerá. Cada situação apresentará duas possibilidades - a de fazer o que é bom ou o que mal, sendo que cada escolha terá sua consequência. E são as decisões diárias que vão indicando qual caminho estamos seguindo. Assim, refletindo sobre sua vida, ela percebeu que do passado nada mudaria mas que a partir de então, poderia refletir melhor sobre suas escolhas buscando andar sobre a luz de Deus, ainda que com os passos vacilantes, pois Deus conhece o seu coração.
.

2 comentários:

nelma ladeira disse...

Lindíssimo textos,Parabéns pelo blog.
Bom dia.

Polyana Zavariz disse...


Obrigada, Nelma!!

Seja bem vinda! Paz e bem.