26 de set de 2010

Você sabe o que quer?






O tempo mais valioso é o presente...










Ter uma meta na vida faz grande diferença.


Quem sabe o que quer, caminha com segurança, dá passos firmes e geralmente não pára na estrada da vida, mesmo que tropece e, às vezes, até caia. Se se tem um sentido, uma meta a ser alcançada, encontra-se forças para se levantar e continuar caminhando. Conheço um provérbio que diz: “Para o barqueiro que não sabe aonde quer chegar, nenhum vento lhe é favorável”.


Eu diria: quem não tem um sentido na vida, dificilmente consegue ver os benefícios que lhe são oferecidos todos os dias, em cada situação, e quase nada lhe parece favorável.


Por outro lado, quem sabe o que quer, não perde tempo lamentando-se, remoendo mágoas de dias passados. Sua meta é o futuro e sabe que para chegar lá precisa viver muito bem o presente; já descobriu que é hoje que construímos o ''alicerce'' da casa que iremos morar amanhã.


Comecei a escrever, pensando no sentido que cada um tem ou deve ter na vida... Mas é fim de tarde e o pôr do sol que vejo, por entre os prédios, leva-me a contemplar o presente.
Compreendo que é amando e vivendo bem o hoje, que expresso o sentido de minha vida, não preciso falar muito, mas sim, viver...


Cada vez tenho mais certeza de que o tempo mais valioso é o presente e sua preciosidade está justamente no sentido de ser único, uma vez que o passado não volta mais e o futuro não sabemos se virá.
Faço minha a oração de Santa Terezinha do Menino Jesus: "A minha vida é um instante, uma hora que passa, é um momento que rapidamente escapa de minhas mãos e se vai. Tu sabes, meu Deus, que para amar-te aqui na terra não tenho outro momento a não ser o dia de hoje" (Tereza de Lisieux,1996).
Vivamos bem o hoje e sigamos em frente com os olhos fitos na meta, sem nos esquecermos de que os ventos do Espírito são favoráveis a quem sabe o que quer.


Dijanira Silva
Membro da Comunidade Canção Nova.

Um comentário:

luisa disse...

muito interessante. gostei.
parabens